Rede Marista celebra o Dia de São Marcelino Champagnat

Em 6/6 comemoramos o Dia de São Marcelino Champagnat, fundador do Instituto Marista e fonte de inspiração para Irmãos, Leigos(as), educadores, estudantes, educandos e profissionais de diversas áreas que diariamente dão continuidade aos seus ideais. Para marcar a data no ano em que é celebrado o bicentenário da atuação marista no mundo, estão previstas várias atividades em todos os empreendimentos e espaços de missão. Conheça algumas iniciativas:

Irmãos, Leigos(as) e colaboradores promovem correntes do bem

Um grupo de 400 colaboradores maristas dará início a duas correntes, a Rede Sanguínea e a Rede do Livro, que ligarão maristas espalhados pelo Rio Grande do Sul, Brasília e Região Amazônica. A primeira rede motiva a doação de sangue e a segunda incentiva a leitura. Ao doar sangue ou uma obra literária, o ato será dedicado a algum colega da Rede Marista. Por sua vez, a pessoa indicada fará uma nova doação e escolherá um terceiro participante, para que a ação continue sucessivamente e se amplie.

As doações de sangue podem ser feitas em qualquer hemocentro ou hospital, assim como os livros podem ser entregues em bibliotecas, escolas, instituições ou diretamente em mãos para uma pessoa. O importante é dar sequência às correntes. Também é possível fazer parte de ambas, independentemente de ter sido indicado ou não. Confira aqui a página especial sobre as redes e, abaixo, o vídeo que convida os Irmãos Maristas, Leigos(as) e colaboradores a participar da iniciativa. 

Celebração na Catedral Metropolitana

No próprio dia 6/6, a Rede Marista promoverá uma missa na Catedral Metropolitana de Porto Alegre (Rua Duque de Caxias, 1047) para comemorar a data e refletir sobre a vida e a missão de São Marcelino Champagnat. A missa ocorre a partir das 18h30 e é aberta ao público. Confirme sua participação neste link.

Exposição relembra a identidade marista

Outra iniciativa que marca a data é o projeto Mala de Memórias, exposição itinerante que ajuda a contar a trajetória da Rede Marista por meio de objetos que fizeram parte do cotidiano dos empreendimentos. A partir do dia 6/6, a mostra visitará unidades e comunidades de Irmãos no Rio Grande do Sul, Brasília e Região Amazônica, em uma forma de valorizar as pessoas que dão continuidade ao sonho de Champagnat e reconhecê-las como protagonistas da história da instituição.

Tanto o Mala de Memórias quanto as redes Sanguínea e do Livro integram o projeto Maristas em Rede, que propõe a realização de 200 ações sociais para deixar um legado durante o bicentenário marista. A comunidade é convidada a participar sugerindo novas iniciativas ou cadastrando-se como voluntária e/ou apoiadora nas que já estão acontecendo – basta acessar a plataforma online maristas.org.br/emrede.


Confira aqui a mensagem do Superior-Geral do Instituto Marista, Ir. Emili Turú, sobre a Festa de São Marcelino Champagnat.


Saiba mais a história de São Marcelino Champagnat

Conheça a trajetória até a canonização

Comentários (1)

Itamar Luis Miozzo

Parabéns a Instituição Marista, e a todos que fazem parte deste time. Que São Marcelino Chapagnat nos guie, neste momento tão difícil que estamos passando neste Pais.

Responder

Entre na discussão.

captcha

Mensagens sem e-mail válido ou com expressões ofensivas serão excluídas.