Relator da Reforma da Previdência exclui fim da isenção filantrópica

O relator da reforma da Previdência deputado Arthur Maia retirou do seu parecer o fim das isenções às instituições filantrópicas das áreas da educação, saúde e assistência social. O acerto ocorreu na última semana.

O recuo ocorreu após uma grande mobilização de entidades do setor, que alertaram para a importância da filantropia e o impacto do fim das isenções: só na educação, 100 mil alunos no Rio Grande do Sul e 600 mil em todo o país ficariam sem bolsa de estudo. O vice-presidente do Sinepe/RS e diretor da Federação Nacional das Escolas Particulares (Fenep), Osvino Toillier, comemorou: "Foi uma consagradora vitória e um reconhecimento às instituições filantrópicas. Embora nada esteja garantido, porque tudo ainda pode mudar até a assinatura do presidente Temer, comemoramos a vitória da educação".

(com informações do Sinepe/RS)

Comentários (0)

Entre na discussão.

captcha

Mensagens sem e-mail válido ou com expressões ofensivas serão excluídas.