Voluntária fala sobre experiência na Guatemala

“É preciso saber colocar a vontade do outro acima da sua. Enxergar o próximo como alguém que precisa. Ficarmos mais atentos às necessidades das pessoas”. Esses são os principais aprendizados da voluntária Regina Biasibetti durante o período em que compartilhou seu dia a dia com crianças e educadores na Escuela Marista de la Zona 6, na Cidade da Guatemala, capital do País.


Regina era professora auxiliar de crianças de 5 e 6 anos

Durante os meses de janeiro e fevereiro Regina, que trabalha na Coordenação de Vida Consagrada e Laicato (VCL) da Rede Marista, acompanhou as atividades de sala de aula de crianças de 5 e 6 anos da instituição, atuou como professora auxiliar na correção de tarefas e revisão de conteúdo.

Segundo ela, as crianças eram muito afetuosas. “Todos me acolheram muito bem. Como eu ficava cada dia em uma turma, quando chegava na escola vinham me perguntar em que sala estaria. Me sentia querida”, conta. Um dos principais desafios, a língua espanhola, foi superado com a paciência e a dedicação dos educadores maristas que atuam no local.


Voluntária disse que as crianças eram muito afetuosas

Além das atividades em sala de aula, Regina se envolveu com projetos do setor de Pastoral, especialmente com jovens. Ao relatar suas experiências de voluntariado, ela conta ter percebido que “os anseios dos jovens da Guatemala são muito parecidos com os daqui. Eles têm muita vontade de contribuir para que o mundo seja melhor”.

Regina também participou de atividades do Movimento Champagnat da Família Marista (MChFM), do qual faz parte no Brasil, e pode compartilhar da vida comunitária com Irmãos Maristas guatemaltecos.


Momento de vivência com as/os estudantes

A voluntária afirma que uma das sensações trazidas na bagagem foi a sintonia do mundo marista. “Nosso carisma é bem forte por lá. Na escola, estava tudo decorado com elementos do ano La Valla. É bonito ver essa unidade”, elogia.


Programa Voluntariado Marista
 
O Voluntariado Marista oferece possibilidade de atuação na área de abrangência da Rede Marista (Rio Grande do Sul, Brasília e Região Amazônica), e em outros espaços de missão marista no Brasil e no exterior, como foi o caso de Regina. Nos meses de janeiro e fevereiro a Rede Marista recebeu voluntários/as do Chile e da Alemanha. Além de acolher intercambistas de outros países, a instituição enviou pessoas à missão.
 
 
Tem interesse em ser voluntário/a? Entre em contato com a Coordenação de Pastoral da Rede Marista através do e-mail: voluntariado@maristas.org.br. Se estiver vinculado/a a alguma Unidade da Rede Marista, procure pelo/a responsável pelo Serviço de Pastoral.
 

Comentários (0)

Entre na discussão.

captcha

Mensagens sem e-mail válido ou com expressões ofensivas serão excluídas.