Histórias de quem faz

Confira alguns depoimentos de voluntários/as maristas que atuaram em diversas áreas de missão no Brasil e no mundo:

"Tive a oportunidade de atuar como voluntária em Tabatinga (AM) por um mês, o que me fez refletir sobre realidades  muito diferentes e conhecer mais sobre mim mesma. Lá, ficou ainda mais claro que precisamos defender cada  fragmento da Floresta Amazônica, fortalecer a imagem das culturas indígenas e despertar a consciência de um compromisso com os animais, as plantas e com tudo que tem vida. Mais do que isso, a oportunidade me ajudou a  entender melhor quem sou, o que amo e o que é essencial para a minha vida. Experiências de voluntariado humanizam, porque a satisfação de proporcionar alegria aos outros não tem preço."

Brenda Menine, colaboradora da Assessoria de Comunicação e Representação Institucional 


"O Voluntariado é um exemplo de que a missão é sempre compartilhada e ocorre em conjunto a pessoas e contextos diferentes. Na Comunidade Marista de Boa Vista, capital de Roraima, pude partilhar experiências únicas com   religiosos/as, leigos/as e jovens - visitamos refugiados da Venezuela, realizamos estudos bíblicos com as comunidades e assessoramos o lançamento da Campanha da Fraternidade no interior do Estado. Outra experiência inesquecível foi o encontro com os povos Macuxi e Wapixana. Com os indígenas, aprendi a amar a mãe natureza e a viver intensamente o espírito comunitário e solidário".

Edson Schirmer, colaborador do setor de Vida Consagrada e Laicato  
 

 

 “Atuei como professora auxiliar na Escuela Marista de la Zona 6, na Cidade da Guatemala. Conviver com as crianças e vivenciar o carisma e a espiritualidade marista em outro país me marcaram muito durante o período em que estive lá.  O Voluntariado me fez acreditar ainda mais na comunhão e na certeza de que juntos sempre vamos mais longe. Quando se tem uma experiência assim, de doação, gratuidade e bem-querer, não se vive o tempo do relógio, se vive o tempo da graça.” 

Regina Biasibetti, colaboradora do setor de Vida Consagrada e Laicato 


"Quando cheguei da Alemanha, logo percebi como o povo brasileiro é alegre e acolhedor. Fui muito bem recebida no Centro Social Marista Boa Esperança (Santa Cruz do Sul), onde pude ministrar aulas de Alemão e colaborar em oficinas de música, esporte, informática e em diversas outras atividades promovidas pela unidade. O Voluntariado é algo que marcará a minha vida inteira. Tenho certeza de que volto do Brasil uma pessoa melhor."

Katharina Abt, ex-aluna do colégio marista de Mindelheim, Alemanha