Coragem para (vi)ver o mundo

Vivemos dias desafiadores e inconstantes. Acompanhamos as mudanças esperando dias melhores. Somos responsáveis pelo futuro da sociedade e sonhamos com a cultura da paz.

Acreditamos no protagonismo juvenil como impulsionador de importantes transformações sociais. Construímos, juntos, um amanhã mais humano, mais responsável e mais consciente. Agir com o coração e com consciência social nos provoca a ressignificar o sentido da vida, o cuidado e as relações.

Coragem, determinação, solidariedade, altruísmo e amor é do que precisamos para tornar um outro mundo possível.

Construir juntos

Somos convidados a refletir sobre a verdadeira diversidade do mundo, que desafia regras pré-estabelecidas e propõe resultados surpreendentes. Hoje, importa menos onde estamos e mais no que acreditamos, a partir de nossas conexões. Juntos, ganhamos mais força para compreender (e ver) o contexto mundial em face das proximidades criadas pelas facilidades da globalização.

O carisma de Champagnat nos inspira a ter atitudes baseadas em valores e comunicar a boa nova da esperança entre as pessoas. Ser marista é ser sinal de esperança. É viver com alegria essas possibilidades. É ser comprometido com a promoção da vida.

Ser presença transformadora

Uma história que começou no interior da França, a partir da inspiração de São Marcelino Champagnat em transformar o mundo por meio da educação e, hoje, está presente em mais de 80 países, pela dedicação de milhões de pessoas.

Há 200 anos, Irmãos Maristas assumem o compromisso com a evangelização de crianças, adolescentes e jovens em diversos espaços de missão. É esse propósito que nos move até hoje e nos desafia a pensar no presente e no futuro da sociedade.

Comentários (2)

Fábio Júnior da Silva

Prezados amigos, saudações! Sou Fábio Junior da Silva, 32 anos, residente no interior paraense do município de São Félix do Xingu. Por meio deste, gostaria de saber um pouco mais sobre a congregação e como me tornar um irmão marista, portanto se tiver algum material impresso onde eu possa encontrar respostas e/ ou fazer acompanhamento vocacional. Fico no aguardo.

Responder
Denize

Muito obrigado por participar da entrevista. DENIZE

Responder

Entre na discussão.

captcha

Mensagens sem e-mail válido ou com expressões ofensivas serão excluídas.