Família Marista se encontra em Minas Gerais

Foi realizado de 20 a 23 de abril, na cidade de Ribeirão das Neves (MG), o primeiro Encontro da Família Marista. Padres, Irmãos, Irmãs, Jovens, Leigos e Leigas Maristas se reuniram, pela primeira vez, para fortalecer as diversas expressões do carisma marista. Organizado pela Umbrasil, o evento foi idealizado para celebrar e fortalecer as diversas formas de manifestação do carisma marista. Foram dias de gratidão, perdão, partilha, compromisso e esperança pelo carisma e a missão.

A Rede Marista esteve presente com representantes de todos os empreendimentos. Saiba, através do relato do Irmão Marista Roque Salet, como foi o encontro:

“O encontro foi uma redescoberta das origens da Família Marista, marcado por momentos de gratidão, partilha, esperança e compromisso. Damos graças a Deus pela vida e vocação dos fundadores da Sociedade de Maria, os ‘pilares’ da nossa família.  Deles herdamos Irmãs, Irmãos e Padres o sobrenome comum: MARISTAS. Maria, a Boa Mãe, esteve presente nas palestras, orações, partilhas e conversas. Num ambiente alegre, leve, contagiante, fraterno, de família, o conhecimento recíproco, a aproximação, a valorização dos carismas, foram aparecendo tal como o sol em uma bela manhã primaveril.

Fazendo parte das comemorações do bicentenário da presença marista no mundo, o Encontro também trouxe importantes afirmações: o SIM de Maria, assumido pelos Fundadores na Promessa de Fourvière se torna nosso compromisso; uma Igreja com rosto mariano, Igreja com perfil mariano, é convite mais do que atual; uma missão conjunta, com amor de comunhão e sensibilidade com as causas humanas, das três congregações, como marca do bicentenário ficou de ser pensada; a identidade e missão dos nossos colaboradores leigos deve ser valorizada; devemos priorizar o cultivo da interioridade com forte mística marial.

Temos um grande e precioso legado em nossas mãos, concretizado na Promessa de Fourvière. Ele, qual chama olímpica, foi-nos entregue. Ficou-me a pergunta: o que farei com o legado?“

Comentários (0)

Entre na discussão.

captcha

Mensagens sem e-mail válido ou com expressões ofensivas serão excluídas.