Irmão Aurélio Ortigara falece aos 98 anos

Faleceu na manhã desta sexta-feira, 10/3, em Porto Alegre, vítima de parada cardíaca, o Irmão Aurélio Ortigara. O velório será realizado a partir da tarde de hoje, em Viamão. Amanhã, às 16h, haverá missa de corpo presente seguida de sepultamento.

Natural de Antônio Prado, Ir. Aurélio tinha 98 anos de idade e 80 anos dedicados à vida religiosa marista. Ingressou na congregação em Antônio Prado, aos 14 anos. Realizou o Postulado e o Noviciado em Porto Alegre. Professou os primeiros votos em 1938, em Porto Alegre, e cinco anos depois realizou sua Consagração Definitiva, também na Capital. Em 1999, fez os votos de estabilidade em Santa Maria.


Trajetória de vida e missão

O Irmão Aurélio iniciou sua vida marista como Escolástico/Estudante, no Instituto Champagnat, em Porto Alegre, em 1938. Em sua trajetória, lecionou em Garibaldi, Santa Maria, Porto Alegre, Florianópolis (SC), Joaçaba (SC), Farroupilha, Getúlio Vargas, São Gabriel e Santana do Livramento.

Também foi Prefeito e Ecônomo durante 12 anos no Educandário Abrigo de Menores, em Florianópolis (SC); Secretário, em Farroupilha; Prefeito do Juvenato, em Getúlio Vargas; Vice-Diretor, Diretor e Tesoureiro, em São Gabriel; Administrador e Animador da Comunidade, em Canela.

O Irmão era formado em Estudos Sociais e foi diplomado na Escola Superior de Guerra, em São Gabriel; em 1975 fez o Curso de Espiritualidade para Irmãos da Terceira Idade, em Roma, Itália; e, em 1979, o Curso de Espiritualidade Marista, no Cemar, em Teresópolis (RJ). Em reconhecimento à sua dedicação em prol da educação em São Gabriel, o Irmão recebeu o título de Cidadão Gabrielense, em 1997. Desde 2012 integrava a Comunidade Marista São José, em Viamão.

Sua dedicação a missão ficará para sempre em nossos corações. Assista ao depoimento realizado pelo Irmão Aurélio ao projeto Memórias Maristas – Histórias de amor e vida.

Comentários (11)

Charles Calil

Saudades! Verdadeiros mestres... As vezes almoçava lá em casa, aos domingos.

Responder
Juliana

Minha infância foi convivendo com esta ilustre figura em São Gabriel onde era aluna na escola ginásio são Gabriel. Pessoa maravilhosa, vá em paz irmão Aurélio. O senhor fez diferença na minha vida e de muitos jovens

Responder
CARLOS PUFAL MACHADO

Com formação 100% Marista ( Col Roque/Cachoeira do Sul. Gin São Gabriel, Rosário/Poa e Puc/RS), foi o maior dos mestres, disciplinador e amigo dos alunos. Em meu currículo, uma sanção, aplicada por Ele.Bons tempos. Missão cumprida com louvor. Descansará em paz, certamente.

Responder
Carmem Dalmazo

Meu professor e amigo. Vá em paz...

Responder
ronaldo machado da fontoura

Minha modesta homenagem ao professor que mostrou que a matemática vai muito além das 4 operações, me abrindo janelas que, de lá para cá só vêm se ampliando. Obrigado, Professor !

Responder
Calina Correa

Professor e amigo dos meus filhos! Pessoa ímpar, como mestre e, principalmente, como ser humano! vida dedicada a servir. Voltou para a morada do Pai!

Responder
Augusto Solano Lopes Costa

Irmão Aurélio, foi meu professor no Ginásio São Gabriel, anos 70. Diretor da mesma Escola. Também um Professor da Vida e Religiosidade. Descanse em Paz, deixa uma grande lacuna.

Responder
Fabiola

Foi meu professor em SG. Uma pessoa inesquecível. Homem de valores. Que Deus o tenha.

Responder
Victor Pires

Ir. Aurélio, uma pessoa ímpar. Fui aluno dele durante anos no Ginásio São Gabriel. Uma vida inteira dedicada à educação: nada mais justo que agora descance junto Aquele a quem prometeu servir. Descanse em paz, Irmão!

Responder
jorge ubirajara weber dos santos

meu professor em São Gabriel decada 70, austero, quando tinha que ser,e amigo sempre, fui moldado por esta geração de Marista, e agradeço muito, vá em paz irmão Aurélio

Responder
laucimir azambuja da silva

dia triste. saudades, ele foi meu professor la em sao gabiel, na escola Ginasio S.gabriel, epoca boa, agente aprendia na escola. grande homem.

Responder

Entre na discussão.

captcha

Mensagens sem e-mail válido ou com expressões ofensivas serão excluídas.